Saúde mental ganha destaque durante a pandemia

A saúde mental ganhou grande destaque durante a pandemia, especialistas identificaram que a busca por consultas psiquiatras cresceu durante o período de pandemia.

Índice interativo


Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) o número de consultas psiquiátricas durante a pandemia teve um grande crescimento. Isso é um evidente reflexo da tensão causada pelo avanço do novo coronavírus

Completamos um ano de pandemia e agora é um momento de olhar para trás e enxergar os reflexos que o isolamento social está causando na sociedade. Hoje vamos pautar sobre o destaque que a Saúde Mental ganhou nesse período.

Concepção

O conceito do termo é complexo e gera conflitos de ideias. Pois segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a Saúde Mental é o estado de bem-estar completo, em todos os aspectos, físico, mental e social. Por outro lado, há definições que alegam que a ela consiste na ausência de doenças mentais, focando na perspectiva de qualidade de vida cognitiva.

A definição assegurada pela OMS é considerada inovadora, pois fomenta a ideia de que o bem estar mental está inteiramente ligado aos aspectos físicos, mentais e sociais.

Mesmo com as divergências de ideias, nós identificamos um mesmo objetivo. Estudar como as pessoas reagem às exigências da vida; lidam com seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções, todos de forma harmoniosa.

Sabendo disso podemos afirmar que a saúde mental é um fator importante, pois está ligada ao equilíbrio dos aspectos físicos e sociais.

Leia também:
Princípios de um vírus dentro e fora de seu corpo

Saúde Mental durante a pandemia

Completamos recentemente um ano de pandemia da covid-19, durante esse período seguimos com o isolamento social. Pode se dizer que a sociedade continua em um processo de adaptação, mas os efeitos da reclusão social ainda sim causam preocupação. Um dos principais fatores que se elevaram durante a pandemia é o estresse.

A população, especialmente no início, foi bombardeada com notícias e informações sobre o vírus. Outro fator chave foi o número de casos e mortes subindo e até então ainda nenhuma esperança de cura.

Com essa grande pressão sobre o psicológico das pessoas as consequências já eram esperadas.

Os especialistas na área da psiquiatria reconhecem que a solidão é como um gatilho para transtornos de humor. Frente a pandemia do novo coronavírus a comunidade médica teme a uma epidemia paralela, essa de transtornos e doenças mentais. Para suprir as necessidades diversos profissionais de psicologia se mobilizaram para dar apoio a alta demanda, via lives, consultas virtuais e convencionais.

Segundo a OMS o Brasil é o país com maior prevalência de depressão na América Latina, além de país mais ansioso do mundo.


Notas & Fontes

Secretaria de Saúde do Paraná – Saúde Mental [acesso: 24/02/21, às 08:50]

PEPSIC – O conceito de saúde mental para profissionais de saúde: um estudo transversal e qualitativo [acesso: 24/02/21, às 10:00]

Hospital Santa Mônica – A saúde mental e a importância dela na vida das pessoas [acesso: 24/02/21, às 10:29]

Pfiser – Saúde mental na pandemia do coronavírus: Como manter o bem-estar em tempos de distanciamento social [acesso: 27/02/21, às 13:09]

O texto acima foi redigido em 24 de janeiro de 2021. Por isso indicamos que faça uma pesquisa sobre o tema, logo obterá informações mais apuradas e atualizadas!!!

Voltar ao Índice

Post anterior
Envelhecimento saudável, o processo que precisamos garantir
Menu